d01. Dinamarca


Então lá fomos nós até à grande cidade de København, e como é bonita 🙂

Fomos directos à policia perguntar por informacões onde nos deram a morada nuim papel… aqui todas as ruas, locais, espacos, etc são super dificies de pernunciar, e os dinamarqueses fazem muita questão em escrever uma coisa e dizer outra, por exemplo: ( I Morgen (amanha) lê-se “i môr” desaparecem com o GEN … ) – assim é mais dificil de falar, mas iremos lá chegar…
Depois de, com a ajuda do nosso querido e adorado GPS chegámos à dita rua, mas para nos pedirmos o número CPR (como o nosso número de contribuinte), onde teremos acesso a tudo, desde bibliotecas, transportes, abertura de conta no banco, etc. disseram-nos que só poderiamos ter o CPR quando tivermos uma morada fixa, e assim sendo partimos à procura de habitacão.
Fomos ao www.ui.dk que é um espaco onde pessoas como nós têm alguma ajuda a tentar encontrar tanto habitacão como emprego, e levámos conosco alguns contactos. Comprámos um cartão para o telefone de um operador local (Telia) que tem o número:

+45 285 364 36

assim já nos podem enviar SMS 🙂
Aqui a Tele2 é o operador mais barato, mas para pedir um cartão temos de ter o dito CPR… fica para quando tivermos casa 🙂

Fomos a um supermercado comprar alguma coisa que comer, porque ao contrário de mim como anfitrião, a pessoa daqui não nos dá rigorosamente nada nem pergunta se querem comer alguma coisa… mas como disse, antes assim que na carrinha (os precos aqui, diferentemente aos Holandeses são muito iguais aos nossos, as bombas de gasolina por exemplo mudam os precos 3 vezes por dia (manha, tarde, noite) e o valor médio por litro de gasóleo é de 8.66 Dkk (1.145 Euros) o que é caro para o que estavamos habituados na viagem à europa, acho que precos assim só os franceses nas autoestradas.

Chegámos a casa, ligamos a internet e pesquisamos por casas para alugar… bolas que aqui ninguem quer alugar casa alguma, quartos existem aos montes! mas casas não, vamos ver se temos mais sorte, vamos tentar nos cafés e procurar se alguem sabe de alguma casa para alugar, caso contrário, por muito que me custe lá temos de ficar num quarto 😦

4 thoughts on “d01. Dinamarca

  1. As distâncias não são boas, mas é na distância que se encontram os melhores sonhos.
    Bem-haja aos amigos que criaste. Desta vez, deixa-me, aqui deixar um bom abraço para eles.
    Tudo de bom para ti e para a Stef.
    :)))
    (jorgelopes)

  2. Oi Bruno e Stef!!!

    Li o teu diario de viagem hoje e fico satisfeito com o vosso entusiasmo. Continua a narrar as vossas aventuras que eu vou continuar a acompanhar, desejando sempre, que tudo corra o melhor possivel para voçês. Força!

    Abraço,
    Zé Luís

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s