d02. Dinamarca


Neste dia temos de encontrar algo para dormir, pois esta é a nossa última noite na casa da rapariga que nos deu alojamento, por isso, custe o que custar, se não conseguirmos encontrar uma casa temos mesmo de comecar a escolher um quarto… e assim foi, às 11.30h fomos ao espaco de apoio para vermos os jornais como deve de ser (claro, todos em dinamarquês, só existe um jornal em inglês nesta terra, o Copenhagen Post (www.cphpost.dk)) mas já conhecemos algumas coisas, por exemplo:

Apartamento = Lejelejlighed
Quarto = Værelse

entre outras palavras que nos dão a entender o que o anuncio quer dizer.
Mas quando saímos da Holanda, viemos com um contacto telefónico de um senhor que já tinha alugado um quarto a um conhecido nosso, e optámos por ligar, a ver se poderia ser algo de bom. Contactámos a pessoa e ficámos de lá passar às 17h, fica mesmo pertinho daqui em Brønshøj.
Entretanto na loja de apoio entrou um senhor que comecou a falar com a pessoa da recepcão e pelo que consegui ententer (mesmo eles falando em dinamarquês) ele estava ali para colocar um anúncio sobre um quarto ou um apartamento, e tomei a liberdade de interromper a conversa e falar eu, apresentei-me assim como a minha esposa e pela conversa, ele tem 2 quartos para alugar, pois tinha dois apartamentos (esq. e dir.) e ligo-os, e como o irmão mais novo saíra para morar com a tia, ele quer rentabilizar o que têm. Fica ao lado de um dos Hospitais e quase em frente a um lago, que nesta altura está completamente gelado!… ficámos de o ir visitar amanha às 19h. Mas pelo que nos disse, o valor que pede tem tudo incluído, Aquecimento, Electricidade, Água, Gás, TV por cabo, Internet e utilizacao das máquinas de casa (roupa, loica, etc). Mas pede-nos 2500Dkk por quarto, mas eu disse que o nosso “budget” era de apenas 4000Dkk, e ele disse que depois falariamops sobre o assunto… “a ver vamos, como diz o cego”.

Pela primeira vez, fiquei atolado na neve! foi giro! e claro a culpa é dela!!!
“olha lá a marca dos pneus que lá estão, os carros passam por aqui, não vai haver qualquer problema!”… e eu, para mostrar-lhe que não tinha razão, em vez de refilar, entrei uns 5 metros na neve… e pronto! nem para a frente nem para trás! Coitada, ficou sem palavras (e eu ria-me por dentro, e fiz tudo para que ela não percebe-se que tinha sido de propósito (apenas quando ler este blog vai descobrir), e fiz de conta que estava ali por culpa dela e tinha ela de tirar o carro dali)… muito engracado, pena não ter gravado! (e agora que me lembro, nem um fota tirei) 😦
depois de escavar a neve até o penu ter aderência, e de com a pequena ajuda dela a empurrar o carro (é que ainda por cima tinha um ligeiro declive, ou seja a parte de trás estava mais acima que a da frente), lá o conseguimos tirar do sitio…
Resumo: agora já sabe que quando tiver carro deve de evitar a neve! 🙂

Fomos então ver o quarto que o nosso contacto Holandês nos tinha falado… bolas! e eu a pensar que a pessoa com quem estamos era Super-Hiper-Desarrumada!!! Este era-o exponencialmente mais! Não acredito como é que estas pessoas, sabendo que alguém vai a casa delas para estar, deixam tudo espalhado na mesa, no chão, roupa suja pela casa, cozinha nem se fala! tudo “cagado”… enfim, deplorável.
O quarto tinha uns 14m2, a cozinha 4 mtr por 60 cm de lado, a casa de banho!!! CREDOOOOOoooo as casas de banho aqui são pior que a anedota do Raúl Solnado, a largura não dá para esticar os bracos, poliban? banheira? ké, ké isso??!!! Toma-se no chão mesmo! o distribuidor que temos na nossa banheira, têm eles no lavatório, e apenas mais uma sanita! nem bidé têm… não dá para lavar as partes baixas, nem apenas os pés como era hábito em Portugal. Quando tiver a minha própria casa mando vir um bidé de Portugal se não encontrar nenhum aqui à venda! é uma promessa!!!
Mas enfim, é muito pequeno para nós e todas as caixas que troxemos na carrinha e no atrelado.
O senhor afinal é Egipsío, e já foi casado com uma dinamarquesa, mas ele diz que as diferencas eram muito grandes e a coisa não resultou, foi extremamente simpático e ofereceu-nos um café instântaneo (muito bom por sinal), mas quando troxe as chávenas, limpei a minha primeiro com a ponta da t-shirt 😉
O valor do quarto era sem electricidade, e pelo que entendemos não tem internet.
Ficámos de lhe dar uma resposta amanha, depois de ver os dois quartos que disse à pouco.

Desmoralizados, mas contentes por saber que por pequeno que fosse já não dormiamos na carrinha, lá fomos para casa…

O dia de amanha vai ser engracado também, tenho a minha primeira entervista para um emprego, e vamos ver o outro quarto (que são 2, ficaria um de dormir e outro a sala com o computador) e não me posso esquecer de lhe perguntar se posso instalar a antena parabólica, para que possa ver os canais da TVCabo Portuguesa 😉 que gracas ao meu amigo Luis posso aqui ver tudo o que aí via (Obrigado pelo update do firmware).

3 thoughts on “d02. Dinamarca

  1. quando a minha mulher começar a reclamar por os sapatos, apesar de estarem na sapateira, não estarem juntos e lado a lado, mando-a vir ler o post do vosso dia 2 por terras dinamarquesas.
    hehe, lol

    quando tiverem casa vossa, não se esqueçam de que têm de também ter tudo desarrumado: já pensaram que se receberem visitas dinamarquesas, o que é que elas vão pensar? ainda vos denunciam à policia!! ainda vão começar a ficar falados aì na rua.
    lolololol

    fiquem bem e boa sorte para os apartamentos e entrevistas de emprego

    ps: quanto à tv kabo, estamos cá para dar todo o apoio necessário

  2. De momento só posso dizer que estou a gostar da tua história! Apetece-me mesmo fazer um “lol” “mais maior grande” que o do teu amigo, Luís. 🙂
    Na Alemanha, também os WCs, são muito esquisitos. Bidé? Que é isso? Dizem eles!!!
    Pior é que a sanita é muito desconhecida dos portugueses em geral… O que fazemos sair, fica mesmo ali, “rescapachado” como se ainda quiséssemos olhar uma última vez? Dãaaa?
    Como sabes só posso falar da Alemanha pela razão de só conhecer esse país. Penso que esses países são mesmo assim. Deixa lá? Um dia sem notares, também não vais entender, para que servem estas modernices dos países mediterrâneos. Pior ainda o facto de eles darem pouco valor a um WC.
    Hoje e a esta hora? apetece-me ir descansar. Irei.
    Tudo de bom para vós? lembra-te?
    ?A vitória é dura, mas é vossa?
    “+1001, lols”
    (jorgelopes)

  3. Eu apreciei a leitura de suas aventuras em Dinamarca. Mim supõe aquele se as coisas forem simples, que divertimento elas seria? Sorte boa em sua entrevista de trabalho assim como sua busca continuando do apartamento!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s