d12 e d13 – sab e dom.


este fim de semana, tal como estes últimos dias têm sido para descansar e aproveitar o máximo a televisão, pois a partir de 2ª feira começo a trabalhar…. estava-se tão bem aqui no quentinho do quarto com a televisão 🙂

No sábado à noite ela chegou às 00.15h e contou-me tudo do novo emprego. Disse que eram mais desleixados aqui, a maneira como tratavam os clientes, a maneira como faziam as coisas, por exemplo se uma lima cair no balcão voltam a meter na bebida, usam a mão toda para mexer nos talheres em vez de apenas os dedos para não sujar tanto, ou deixar marcas, ela diz que é um pouco diferente de Portugal, e que já aprendeu a fazer vários cocktails 🙂

Mas tambem diz que o emprego ainda não é certo, que este dia foi à experiencia mas que gostaram dela e no final diseram-lhe que tem iniciativa, ou seja, não fica encostada num canto à espera que alguem lhe peça alguma coisa, e que 4ª feira ligar-lhe-ão para confirmar se fica com o emprego ou não, esperamos que sim, porque apesar de o trabalho não ser do seu principal agrado, o resultado mensal não é nada mau.

No sábado à tarde ainda conseguimos ir dar uma voltinha e aproveitamos para ir a uma loja de informática ver os preços, e aqui apesar das taxas muito mais altas qe em Portugal os preços são ela por ela, não compensaria comprar em Portugal e trazer para aqui.

Bem, este fim de semana como vêm foi de paz e sossego, amanha começo a trabalhar e lá se vai o sossego, por isso vou aproveitar mais um bocadinho e vou ver mais televisão, isto de ter 350 canais é giro 😛

2 thoughts on “d12 e d13 – sab e dom.

  1. olá malta!

    tenho estado afastado e só agora me actualizei com as novidades!

    quanto ao trabalho da stef, parabéns! tenho a certeza que ainda lhes vai ensinar muita coisa!

    quanto ao teu trabalho, também tenho a certeza que te vais dar bem!

    quanto à casa, é um começo. de agora em diante, e uma vez que já têm onde dormir, vínculos profissionais e CPR, já podem procurar melhor, dentros das vossas possibilidades e expectativas!

    quanto à alimentação: não temos tido actualização de noticias desse foro!

    agora, só me resta continuar a vos desejar felicidades e não te esqueças, já confirmado por alguém neste espaço, que ela neste momento é a tua melhor amiga e tu dela, por isso, uma vez que ambos estão a trabalhar, não te esqueças de aproveitar ao máximo os momento em que estão juntos, pois pelo que me aprecebi, vão andar um bocado com os horários descoordenados (não te agarres em demasia ao computador, tens o dia de trabalho para isso ou então quando ela está a trabalhar!).

    PS: não gostei do teu comentário a que quando está a trabalhar até às 01h e com o último autocarro às 00h, ter de vir à pé ou de bicicleta para casa, ‘afinal são só 4Km’. até podiam ser 40 metros! não faças a rapariga, depois de 8 horas de trabalho e à uma da manhã vir a pé ou de bicileta para casa! se ela não tiver carta de condução, então vai tu buscá-la, mesmo que isso te custe e que no dia seguinte tenhas de te levantar cedo para ir trabalhar! tu gostavas, só te fica bem e ela ficar-te-ia muito grata!

    fiquem bem!

  2. Olá gaiatos 🙂
    Pois… Este Luis… Disse os meu silêncio em entre linhas. Bem-haja a ele e a voçês porque, sei que vais ouvi-lo. 🙂
    Atrevo-me a colocar um texto a propósito, para reflexão.
    Abraços para os dois.
    (jorgelopes)

    Fiquei curioso com a mulher desde que vi uma à minha frente… achei que algo não estava 100% certo naquelas formas divinas, quase esculpida minuciosamente. Então decidi casar com uma….para a poder estudar de perto.

    Existem várias lendas sobre a origem da Mulher.

    Uma diz que Deus pôs o primeiro homem a dormir, inaugurando assim a anestesia geral, tirou uma de suas costelas e com ela fez a primeira mulher. E que a primeira provação de Eva foi cuidar de Adão e aguentar o mau humor enquanto ele convalescia da operação.

    Uma variante desta lenda diz que Deus, com o seu prazo para a Criação estourado, fez o homem às pressas, pensando “Depois eu melhoro”, e mais tarde, com tempo, fez um homem mais bem-acabado, que chamou Mulher, que é “melhor” em aramaico.

    Outra lenda diz que Deus fez a mulher primeiro, e caprichou nas suas formas, e aparou aqui e tirou dali, e com o que sobrou fez o homem, só para não jogar barro fora.

    No Extremo Oriente existe a lenda de que as mulheres caem do céu, já de kimono.

    E em certas partes do Ocidente persiste a crença de que a mulher se compra através dos classificados, podendo-se escolher idade, cor da pele e tipo de massagem.

    Todas estas lendas, claro, têm pouco a ver com a verdade científica.

    Inclino-me para a tese da origem extra-terrena. A mulher viria (isto é pura especulação, claro) de outro planeta, elas não são deste mundo.

    Elas não têm os mesmos instintos que os homens, e volta e meia são surpreendidas em devaneio, como que captando ordens de outra galáxia, embora disfarcem e digam que estavam apenas a pensar no jantar. Têm uma lógica completamente diferente da do macho.

    Ultimamente têm tentado dissimular a sua peculiaridade, assumindo atitudes masculinas e fazendo coisas – como dirigir grandes empresas e xingar a mãe do motorista ao lado – impensáveis há alguns anos, o que só aumenta a suspeita de que se trata de uma estratégia para camuflar algumas diferenças, que estavam começando a dar nas vistas.

    São muito complicadas: ou nos acusam de machistas, presos a preconceitos e incapazes de reconhecer seus direitos… ou então roçam a nuca masculina com o nariz, dizendo coisas como “oink, oink”, o que nos deixa arrepiados e sem argumentos.

    Claramente combinaram isto. Estão sempre combinando maneiras novas de impedir que se descubra que são alienígenas e têm desígnios próprios para a nossa Terra. É o que fazem quando vão, todas juntas, a casa de banho, porque sabem que os homens não podem ir atrás para ouvir.

    Muitas vezes, mesmo na presença masculina, falam uma linguagem incompreensível que só elas entendem, obviamente um código para transmitir instruções do Planeta Mãe.

    E têm os seus “golpes baixos”. Os seus “truques covardes”: Os seus “olhos laser”, claros ou profundamente escuros, as “suas bocas”. Meu Deus, algumas até “sardas no nariz”. O seus “seios”, aqueles mísseis inteligentes. Aquela “curva suave da coxa”? E a Convenção de Genebra não vê isso…anda tudo cego!!!!

    E as armas químicas? – perfumes, loções, cremes…

    São de uma civilização superior, os homens nada podem, contra os seus exércitos de encantos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s