Portugal – Dinamarca

acho que já ouviram pelas rádios, televisões e outros tipos de media que a nossa selecção vem à Dinamarca jogar um jogo amigável antes do primeiro encontro de qualificação para o campeonato da Europa de 2008 a realizar, caso não saibam, nas cidades Austríacas e Suiças.

o jogo amigável joga-se aqui na Dinamarca no dia 1 de Setembro pelas 20.00 horas (hora local – menos uma em Portugal) no estádio do Brøndby IF (lê-se Brônbu – mais coisa menos coisa), e claro não vos posso deixar de dizer que …

…EU VOU LÁ ESTAR!!!!

eheheheh, é só para vos deixar a roer de inveja 😛

o primeiro dia de aulas

[foto: a minha nova escola København Sprogcenter]

já foi à tanto tempo que me iniciei nesta aventura de estudante e de ir para as aulas…

lembro-me perfeitamente de por diversas vezes pensar para com os meus botões, “mas quando é que sou grande para não ter mais escola?!”
e o oposto depois de ter acabado com a universidade “quando é que volto para a escola, era só brincadeira!”

pois bem, voltei! agora são aulas de Dinamarques, aquela lingua esquesita que não lembra a ninguem querer aprender tal coisa, tal a esquesitisse que é a lingua, mas aqui tem mesmo de ser se é que quero fazer uma vida neste país.

lá fui eu, timido como sempre no inicio, mas foi só até à porta de entrada da aula, pois a minha turma é enorme… somos 5 a contar comigo e uma delas no final do mês vai se certeza sair pois irá passar para o nivel 2.

Eu – Portugues, um preto! – Françes, e 3 raparigas, Polaca, Inglesa e Grega 🙂

o françês e a polaca são muito simpáticos e sendo ela professora de françes só fala em frances com o meu unico colega homem…. (preto!) :-/
ao inicio foi giro, pois já sei os números e então foi fácil apanhar a rota que estavam a levar, depois as perguntas da praxe, como te chamas, onde vives, que linguas falas, o que fazes, e por aí fora (Isto é preciso dizer em todas as aulas! a pergunta e a resposta). Lemos de seguida um texto daqueles “muita” básicos, mas dá para começar a associar as palavras aos sons e ao seu sentido (acho que vou tentar este meio, pois o achar que tenho de saber como eles dizem as letras ser-me-á muito mais complicado uma vez que “comem” letras e os sons da mesma letra com uma palvra é totalmente diferente de outra).

assim se passou a primeira parte da aula… seguiram-se 20 minutos de convivio na cantina com eles os dois (o françês – preto! – e a polaca), onde falamos sobre nós e o que estavamos aqui a fazer neste país que não lembra a ninguem (a não ser aos muçulmanos)…

na segunda parte foi-me dado dois livros, o de gramática e o de exercicios (novinhos em folha) que bonitinhos são eles 🙂
juntei-me então com a inglesa que está cá à 7 semanas apenas para fazermos as perguntas e respostas da praxe, enquanto o françês (que não sei se sabem mas é preto!) e a polaca seguiam um texto e faziam perguntas sobre esse texto, enquanto a grega praticava com a professora o resulmo de um dos 3 livros que ela terá de falar na altura do exame.

acabada a aula, casinha onde a minha querida esposa me esperava com o jantar feito 🙂

as aulas são gratuitas nos primeiros 3 anos, e todo o material (livros e cadernos) são atribuidos pela escola ao aluno sem encargos extra
as aulas que escolhi devido ao meu emprego são às Segundas, Quartas e Quintas – das 19.15 às 21.50
as aulas de 2ª e 5ª são dadas pela mesma professora.

conclusão: soube bem voltar às aulas, sabe bem ver outras pessoas, de falar com elas, de socializar um bocadinho… foi bom!

férias de natal

Destino: Constanta, Roménia!

pela primeira vez a Stef vai andar de avião, pois pensamos melhor e em vez de ir de carro à Roménia pelo natal vamos de avião (sempre é mais barato e nem leva um dia a chegar em vez dos 2 dias e meio e 2300Km para cada lado) e vamos fazer uma paragem por 4 dias em Bratislava (capital Eslováca) pois ficou combinado com as raparigas que tive em casa afim de se trocar os papeis e ser eu o visitante… (para verem as fotos delas vejam a minha galeria fotográfica no flickr)

e claro, pela primeira vez vou ter férias longe do meu país…
o “vá para fora cá dentro” acabou (weeeeeeeeee) 🙂

então é assim:

como a companhia tem sede em Bratislava (SkyEurope) e é das mais baratas na Europa central, fazemos sempre escala em Bratislava (o que até vem a calhar)

Copenhaga – Bratislava – Bucareste, isto tudo dia 21 de Dezembro.
na volta fazemos o mesmo mas ficamos 4 dias em Bratislava
Bucareste – Bratislava, a dia 3 de Janeiro
Bratislava – Copenhaga, a dia 7 de Janeiro

e de volta ao emprego dia 8 de Janeiro 😦
e depois de muitas fotografias, eheheheh

…isto tudo por menos de 500 euros já com taxas
(2 pessoas e 6 aviões com lugares marcados e tudo)

Não esqueçendo que a viagem até pode ser realizada por 3 pessoas em vez de duas… 2 e meia 😉 (esperamos que sim!)

[foto: em baixo as escalas desde Copenhaga a Constanta]

filhos…

é com grande alegria que vos digo a nossa vontade…

vamos fazer por ter um filho/a!

ando a sonhar com isso desde que aqui cheguei, todos os meninos/as que encontro só me apetece brincar com eles, e como eles quase que não falam por vergonha e timidez, para mim é optimo, pois posso só fazer sons para os fazer rir 🙂

coloquem-me numa sala cheia deles e vão ver que nem se percebem que eu estou lá, eheheheh

[Foto: jennyree in flickr]

A vontade de ensinar, de partilhar, de cuidar, de tentar o meu melhor apoderou-se de mim por completo, agora só me deixa fazer por isso e deixar que a semente cresça na barriga da mãe, a minha querida e amada esposa.

Uma coisa podemos vos pedir, apesar de termos as nossas opiniões formadas, mas outras são sempre bemvindas…

Que nome vamos dar? Quando falamos de nomes, olhamos para as suas raízes, verificamos se a generalidade das pessoas com esse nome, se são ou não o que nos motiva esta ideia, este acontecimento…

podem sempre consultar a “enciclopédia dos nomes” – Behind the names

as nossas propostas:
menino (a minha escolha): Ruben Alexandre
menina (a escolha dela): Stela Alexandre

fico à espera das vossas sugestões 😉