a minha primeira visita Portuguesa



roam-se de inveja…

a minha melhor amiga está na Dinamarca, mais precisamente cá em casa, eheheheh!!!
vão ser 8 dias de visita a tudo o que é Dinamarquês, desde a comida à fala, desde o apoio da nossa selecção ao confronto amigável com a selecção de cá até aos museus e jardins, vamos também aproveitar e vamos ao Norte da Zealand (a ilha onde está a capital dinamarquesa) até Malmo na Suécia (é só passar a ponte)…

Chegou ela no dia 30 pelas 15.30 directamente de Madrid, que saio de Lisboa e que veio do Funchal onde esteve tambem 8 dias (uma correria de avião), assim que cá chegou foi uma alegria ver um portugues e as habituais perguntas da praxe lá vieram à conversa, como correu a viagem, ai sim… assim tanto! Nem imaginava…

chegado ao carro… a minha queria carrinha não pegava!!! xiii, mas quem me mandou a mim estar 30 minutos com a carrinha desligada, luzes acesas e radio ligado??? Pois é, não se mexia!

…e agora que vou eu fazer? Bem tenho de pedir a algum taxista ou coisa parecida para ver se tem uns cabos para a ligação directa, mas não sendo de cá, perferi ir às informações do aeroporto perguntar se havia alguma serviço para tal… mandaram-me ir ao guichet do Parque do Aeroporto… FOI UMA MARAVILHA!!!

[Foto: o carrinho com a bateria e cabos, um serviço do Aeroporto de Copenhaga (CPH)]

Não é que eles têm uma bateria com cabos e tudo para estas coisas?? Foi de aplaudir, cabinhos ligados, rodar a chave e voilá! fez-se lu… o motor arrancou, eheheh

Depois fomos visitar a minha esposa ao 25º andar do Radisson onde apreciamos a excelente vista do edificio mais alto da capital dinamarquesa, onde trocamos comprimentos e por havia algum transito optei por mostra-lhe alguns lugares engraçados como a praia artificial em Amager (lê-se “áma”), e uma voltinha de carro pelas ruas de copenhaga, chegar a casa, mostrar a casa e os sitios aqui perto como o Lago, a parte de trás da casa que tem um jardim enorme com espaço para barbecue e almoços/jantares ao ar livre, jantar e cama, pois o cançaso era muito…

No 2º dia visitamos o Kastellet (fortificação militar), que ainda hoje é usada, sendo assim umas das mais antigas fortificações militares mundiais ainda em funcionamento, depois uma visita pela Pequena Sereia, pela Fonte da Deusa Gifeon, e finalizando o dia com um passeio pela Rua Pedestre (a baixa) onde tirá-mos várias fotos a quase tudo que se mexia e que era edificio de beleza nacional (são quase todos!)

algumas fotos estão no meu espaço do FlickR no grupo de fotos intituladas de “my Best Friend”, espero que gostem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s