chegada a casa depois de 3 dias em Londres


foram 3 dias em Londres, longe da C. e da S. das quais senti imensas saudades, principalmente à noite quando levamos a C. para fazer nani nani, teria sido muito bom com elas lá, mas fui em trabalho, e é difícil de juntar trabalho com lazer.

Londres
honestamente, nem que me pagassem imenso eu iria viver numa cidade daquelas… não tem nem ponto de comparação com Copenhaga, os números falam por si

população: Copenhaga – cerca de 1,9 milhões de habitantes… Londres – cerca de 14 milhões de habitantes!

Stress, Pessoas, Transito, Filas, Poluição, Desordem… e ainda por cima andam no lado errado da estrada!

mas deixem-me contar-vos como foi:

na 2ª a S. e a C. sairam mais cedo pois ia fazer um teste para os CTT’s cá do sítio, e eu fui mais tarde uma vez que era apenas às 10.40 que o avião estava marcado, e lá fui … quando lá cheguei faltavam 25 minutos para o avião sair, o que eu já transpirava de tanto correr, mas deixaram-me fazer o check in e num instantinho estava dentro do Airbus da British Airways.

Primeira vez em Londres! Bolas, que o aeroporto é enorme! e o “underground”? é para servir de contraste! é tão pequeno que as pessoas sentam-se viradas para a frente e aí, o espaço entre as pessoas é muito reduzido… 1 hora depois estava a chegar à estação de Holborn na qual saí para a apanhar outra linha que me levava ao escritório. Não são apenas as carruagens que são pequenas, os túneis de acesso são ridiculamente pequenos, o que a pessoas com claustrofobia… não creio nem que se atrevam a descer!

lá cheguei ao escritório (sobre o emprego falo mais à frente), e como ainda não tinha comido nada desde casa, fui a um Sandwich Bar que estava mesmo a seguir da entrada do escritório, e não é que esse café era gerido por 4 Portugueses !! mas que bonita recepção, eheheh . Eram os 4 de Mangualde, e mais não falamos sobre as nossas origens, mas foi muito giro e acabei por lá ir almoçar os 3 dias 🙂

o Hotel era engraçado, e a cama maravilhosa.
Na primeira noite fui a um café que só depois li o nome: Ultimate Burger. Estão a imaginar o jantar não é!? Pois, mas estava bom e o bolo no final óptimo!

no 2º dia o jantar fui peixinho com alguns colegas, pois aproveitámos e fomos fazer uma visita guiada (por um colega britanico) pela zona. Depois pela manha do 3º dia, fiz uma excursão pelas ruas próximas ao escritório e deu para tirar umas fotos dos edifícios londrinos, dos quais saliento, são muito bonitos!

mais fotos de Londres, neste link.

Não me quero lembrar, mas vou-vos contar na mesma… lembram-se de um perder um avião com destino Bergen na Noruega? já em 2006? pois é… deve ser sina! perdi o avião com destino Copenhaga desta vez!
Com tantas coisas e tanta segurança, é necessário fazer o check in com 45 minutos de antecedencia do voo, e eu … cheguei com 20 minutos de antecendencia… o que vale é que a empresa (desta vez) pagou o avião de regresso e vim pela SAS, mas digo-vos que ir do terminal 4 para o terminal 3, leva 15 minutos a pé e 20 de comboio !!!

Deve ser mesmo sina perder aviões 🙂

A cidade:
a cidade é muito bonita (não deu para visitar quase nada, apenas paisagens, e sempre na zona de Halborn), os edifícios lembraram-me Vienna de Austria, e tirei várias fotos, deu até para ver ao longe o BigBen 🙂
pena é o trânsito… não há tantas (bolas, nem um décimo) de bicicletas que existem aqui, e há imensos carros o que faz com que sempre que eu ia para o escritório ou para o hotel no final do dia… toda a avenida estava parada! eu conseguia ir mais depressa e a ver os edifícios a pé do que os veículos num espaço de uma estação de metro!

acabei por saber que o preço dos parques de estacionamento estão muito elevados agora, 25 libras para um carro normal, 45 para um 4×4, mas mesmo assim, o que não falta naquela cidade são mesmo carros! Tem algumas motas e Scooters, umas dezenas de bicicletas, mas nada que não se veja noutras cidades, e com já referi, não se pode comparar a cultura “pedalista” (de pedal) Dinamarquesa com a Inglesa 🙂

O Emprego:
desanimou um pouco no final dos 3 dias … primeiro porque , bolas! é só indianos/ paquistanezes/ etc naquele escritório, têm uma forma de fazer as coisas completamente distintas do que “deveriam” ser feitas, o que vos falo é de um software que eles fizeram “à pressa” (dizem eles) e que agora… têm 4 pessoas para fazer “debug” e “tapar buracos”… bolas, não é nada assim que faço programas e não gosto nada de seguir “linhas” que nada têm a ver com “Como se faz um programa”… grrrr!

depois, não achei nada aliciante porque é esse mesmo a minha prioridade: “Tapar buracos”! mas o patrão disse que quando eu souber como o negócio funciona, logo logo me dá responsabilidades para poder desenvolver “alguma” coisa no âmbito do escritório na Dinamarca.

tenho 14 dias para dizer NÃO sem ter de justificar nada a ninguém, mas como me pagaram a viagem, não acho ético sair assim, e claro, de salientar que esta 3ª feira tenho de dar uma resposta à outra empresa (e apareceu uma 3ª oportunidade, pois quando foi a entrevista da GN – a tal de que gostei imenso mas não fiquei lá – foi através de uma empresa de recursos humanos, e ligou-me na 3ª feira a perguntar se estava interessado num emprego, mas como não pude falar, vão me ligar agora depois das férias de pascoa)…

sinceramente… hoje ainda não sei o que fazer!

Catarina:
é mesmo muito difícil passar sem ela (e a S.) mas quando chego é óptimo!
esteve um pouco constipada, a S. está a perder leite, pois agora só dá de manha e à noite antes de ir para a cama, e quanto à traquinices… tenho mesmo de baixar a cama! já não é a 1ª nem a 2ª vez que a apanhamos, em vez de estar a dormir, de pé agarrada à cama!!!

vira-se de barriga para baixo, chega-se às grades, agarra a grade acima e começa a puxar-se até que está de joelhos e com as 2 mãos na grade… daí a ficar em pé são 2 segundos!

adora andar, e se a sentarmos chora e grita! não acha piada gatinhar… grita para a agarrarmos as mãos dela para que possa andar (sempre é mais depressa, eheheh) 🙂 não gosta de sair do banho … adora a água, e o que mais odeia é mesmo que lhe limpem o nariz! seja meter os dedos para limpar seja com papel seja com o “aspirador”… e então quando está constipada, é horrível!

Quando está com soninho, começa a esfregar a orelha 🙂

One thought on “chegada a casa depois de 3 dias em Londres

  1. Gosto sempre das tuas notícias.
    Mangualde: Tens 4 (quatro) primas. Eheheh A Mirian sabe dessas coisas.
    3 (três) empregos?? Xiiiii comé’qé pra’eu??? rsrss
    Londres: Não sei se não ia gostar de andar na esquerda.. rss
    A C grrrrrrr.. está uma delícia de menina. Porra.. é lindíssima.. rs
    Estou contente por tudo. Sei, conheço-te bem, vais escolher o melhor para que os três.
    Abraços.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s