uma cristã depois de “n” rituais!


e… já está! é oficial, a C. é cristã pela igreja Ortodoxa, tal como a mãe! como o pai não tem qualque “favorito” ficou combinado que o primeiro filho/a seria baptisado tal como a mãe, e os seguintes teriam opção de escolha, ou seja, seriam-no quando e como desejassem.

mas foi difícil, pois em primeiro lugar, é raro se baptizar uma bebe tão “grande” e em segundo os pais estavam presentes e nem sequer deveriam de ir à igreja, apenas os padrinhos, pois sendo eles os “sucessores” a pais na ausência de nós, cabe lhe a eles fazer todo o ritual… e que ritual! Deveras bonito e até a nossa vizinha que é Protestante (tal como a generalidade dos Dinamarqueses) adorou o ritual.

deixou-vos desde já o link para algumas fotos no FlickR, mas vou-vos contar tudo 🙂

Depois de tudo estar pronto e arranjado lá saimos todos de carro (nos 2 para cabermos todos) de casa com destino à igreja e assim foi, saímos, fomos buscar o bolo à pastelaria aqui na cidade mais perto (Køge), deixamos as pessoas todas na igreija e fui entregar o bolo ao restaurante (Café Catz) para que o metessem no frio para que nao derretesse … depois de feito parvo pagar 25 koroas (3 euros) para o parque – parvo porque depois lembrei-me que aos domingos não se paga parque! – lá fui a correr para a igreija onde tudo esperava por mim para dar inicia à cerimónia.

Já vos disse, mas repito que o normal é os pais nem irem à igreja, mas eu queria ver tudo e claro, tudo para mim é novidade, mas não pude lá ir à frente e tentava-me esconder da C. sempre que ela olhava para trás pois ela não estava nos dias dela e “berrava” mesmo quando não estava nos braços da mãe, e assim lá a mãe foi para ao pé dela para a acalmar, mas em momentos chave não havia nada a fazer e lá berrava sem o colo da mãe.

Em primeiro lugar o Padre faz umas rezas e sons esquisitos com canto à mistura (a sério, não entendi rigorosamente nada) 😦

O conteúdo do baptizado (para não me prolongar muito, senão fazia 4 páginas de escrita e vocês até medo tinham de ler) o Padre reza com os padrinhos e a menina, corta um pedacinho de cabelo à menina, assopram o ar (o padre e os padrinhos) com o intuito de afastar alguma coisa má(?), pede para lhe tirar a roupa e mergulha ela em água por 2 vezes, ao vestir uma roupa lavada passa-lhe com um cotonete com água benta pelo corpo e continua a rezar e por último dão 3 voltas à mesa.

Foi muito giro, pena pena foi mesmo os “berros” de quem “estão me a matar! mãe vem cá” da C. por quase toda a cerimónia pois não gostou nada de estar sem a mãe. E eu lá ao fundo num cantinho sem me poder mexer 😦

Depois de termos tido feito tudo na igreja, já todos queria era dar ao dente, e fomos para o restaurante onde um brunch nos aguardava com um delicioso bolo no final, onde até o J. e a S. que tinha chegado à poucas horas de uma viagem de uma semana a Portugal, apareceram! Foi tudo muito bom!

Barriga cheia, e com a C. muitíssimo mais bem disposta, lá fomos para casa, onde mais uns rituais a esperavam:

A madrinha tem de lhe dar banho, a banheira tem de ter pétalas, seda e dinheiro pois o significado é para que ela cheire sempre muito bem, tenha dinheiro e se vista com os melhores tecidos em toda a sua vida, mas nada de berros tão esganiçados… mais pequenos desta vez 😉

Depois de banhoca tomada, pijaminha novo vestido e C. na cama, toca a fazer mais um ritual, o de apagar a vela de baptismo na sobreira da porta (depois actualizo este tópico e escrevo o que significa, pois não sei bem ainda).

Faltam ainda mais 2 rituais… o de cortar o cabelo – tem de ser a madrinha a cortar a 1ª vez o cabelo – pois a C. não podia cortar o cabelo antes do baptizado, e ainda o de colocar alguns objectos na mesa e ela escolher um deles, sendo eles: Lápis (estudos, intelectual); dinheiro (dinheiro durante a vida), tesoura (não me recordo) e mais alguns. (quando fizermos esse ritual, logo colocarei aqui as fotografias)

e foi assim, um dia, que digo-vos, dos mais cansativos que tive até hoje, bem mais do que ter conduzido 16 horas seguidas no dia que saimos de Portugal com destino a Dinamarca!!!

5 thoughts on “uma cristã depois de “n” rituais!

  1. Muitos parabéns pelo baptismo da vossa piolhinha! Gostei muito do relato que li e, agora, vou ver as fotos!
    Tenho que arranjar um tempinho para postar as fotos do baptismo da Mariana, também…
    Beijocas aos papás babados e à linda Catarina!

  2. parabens a todos pelo baptizado.
    não só pelo que representa para ela mas porque acima de tudo ajuda a que mesmo longe das nossas (leia-se vossas) origens, continuem a se preocupar e a conseguir manter os vossos rituais e identidades.

    felicidades a todos,
    beijos e abraços de saudades.

  3. Olá, belo site o seu.
    Meu nome é Alexandre e sou brasileiro. Tenho 12 anos e vou visitar a Legoland, em Billund. Visitarei agora, em setembro, a Dinamarca, e gostaria de saber se o tempo está muito frio.
    E parabéns pela sua filha.

    Aguardo respostas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s